Skip Navigation LinksDúvidas Frequentes

DDA - Débito Direto Autorizado​


1​- O que é DDA?
2- Posso visualizar boletos de cobrança nos quais não sou o Pagador, ou seja, que tenham sido emitidos a outro CPF/CNPJ, mas cujos pagamentos estão sob minha responsabilidade, como mensalidade da faculdade de um filho e plano de saúde dos pais?
3- Caso eu discorde das informações apresentadas eletronicamente, a quem devo recorrer?
4 - Como é feito o cadastramento do pagador eletrônico?
5 - Mesmo sendo um pagador eletrônico, ainda receberei boletos em papel?
6 - Qual é a diferença entre o DDA e o Débito Automático?
7 - ​Os boletos registrados no DDA serão debitados automaticamente em minha conta corrente?
8 - O que devo fazer se receber o mesmo boleto de forma eletrônica e em papel?
9 - Por meio de qual tipo de conta posso aderir ao DDA?
10 - Qual o procedimento para voltar a receber os boletos impressos com o código de barras?
11 - O que devo fazer se o meu boleto eletrônico vencer?
12 - O que fazer se o Beneficiário (cobrador) me conceder um desconto ou um prazo maior para pagamento?
13 - O DDA é seguro?


1​- O que é DDA?

O DDA permite que os compromissos de pagamentos sejam recebidos eletronicamente pelos clientes pessoa física e jurídica por meio dos seus bancos de relacionamento. É um sistema criado pela FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) com o objetivo de facilitar as cobranças e pagamentos dos clientes uma vez que os boletos físicos estão sujeitos a extravio, danos e atrasos, enquanto o documento eletrônico é mais prático, conveniente e seguro.

Voltar

2- Posso visualizar boletos de cobrança nos quais não sou o Pagador, ou seja, que tenham sido emitidos a outro CPF/CNPJ, mas cujos pagamentos estão sob minha responsabilidade, como mensalidade da faculdade de um filho e plano de saúde dos pais?

Sim, é permitida a visualização desses boletos, mediante autorização dos pagadores originais (filho, pai).

Voltar

3- Caso eu discorde das informações apresentadas eletronicamente, a quem devo recorrer?

A responsabilidade sobre as informações do boleto, seja eletrônico ou em papel, está a cargo do cobrador (beneficiário) da dívida.

Voltar

4 - Como é feito o cadastramento do pagador eletrônico?

O cadastramento pode ser feito em um ou mais de um banco participante do DDA com o qual o cliente (pessoa física ou jurídica) possua relacionamento. No Mercantil do Brasil adesão deverá ser realizada através do Internet Banking ou Autoatendimento.

Voltar

5 - Mesmo sendo um pagador eletrônico, ainda receberei boletos em papel?

Sim, pelas seguintes razões: 

  • Se o beneficiário da cobrança também postou o boleto para o pagador (quem paga); 
  • Se o beneficiário da cobrança não aderiu à cobrança registrada ; 
  • Se a conta refere-se a uma arrecadação de tributos ou ainda a uma concessionária de serviços públicos.

Voltar

6 - Qual é a diferença entre o DDA e o Débito Automático?

O DDA é um serviço de apresentação eletrônica do boleto, não implicando, necessariamente, seu pagamento. O serviço de débito automático prestado hoje pelos bancos consiste no débito previamente contratado, da conta do cliente, na data do vencimento, do valor referente às contas de concessionárias de serviços (água, luz, telefone, gás).

Voltar

7 - ​Os boletos registrados no DDA serão debitados automaticamente em minha conta corrente?

Não. Será necessário o acesso regular (preferencialmente diário) ao meio eletrônico de sua preferência. O DDA não é um débito automático, ou seja, o pagador deverá manter o controle e efetuar o pagamento no prazo de vencimento dos boletos via seu banco.

Voltar

8 - O que devo fazer se receber o mesmo boleto de forma eletrônica e em papel?

Nesse caso a dívida não foi duplicada. Basta o pagador eletrônico (pagador no DDA) ignorar o boleto em papel e pagar o boleto eletrônico. A liquidação da dívida ocorre da mesma forma.

Voltar

9 - Por meio de qual tipo de conta posso aderir ao DDA?

Você pode aderir ao DDA por meio de uma conta corrente, conta poupança, conta salário, dependendo do seu banco. ​

Voltar

10 - Qual o procedimento para voltar a receber os boletos impressos com o código de barras?

Para deixar de ser um pagador eletrônico e voltar a receber todos os boletos de cobrança com o código de barras impresso, deverá solicitar o cancelamento em todos os bancos de seu relacionamento nos quais solicitou a adesão ao DDA.

Caso tenha solicitado cadastro de pagador eletrônico em 02 (duas) Instituições Financeiras, deverá então solicitar o descadastramento em ambas. ​​

Voltar

11 - O que devo fazer se o meu boleto eletrônico vencer?

Você poderá realizar os pagamentos de seus boletos vencidos, desde que estejam dentro da data limite para pagamento. Lembrando que o não pagamento de um boleto eletrônico terá as mesmas implicações que existem com o não pagamento de um boleto de cobrança em papel, pois ambos representam um compromisso financeiro.

Voltar

12 - O que fazer se o Beneficiário (cobrador) me conceder um desconto ou um prazo maior para pagamento?

O beneficiário enviará a instrução ​eletronicamente para a atualização automática do boleto, ou seja, espere que a atualização do boleto chegue de forma eletrônica, conforme acordado com o beneficiário.

Voltar

13 - O DDA é seguro?

O DDA é muito seguro, pois ele utiliza o padrão de segurança do SPB - Sistema de Pagamentos Brasileiro. Isto significa um extraordinário avanço em termos de segurança, pois os Boletos de Cobrança em papel podem ser ​facilmente manipulados ou adulterados. Com o DDA as fraudes em papel devem desaparecer, o meio eletrônico permite que os bancos trabalhem com segurança máxima.​

Voltar ​​​​​​

Compartilhar: