Skip Navigation Links52 alunos do primeiro programa de capacitação de pessoas com deficiência em BH recebem certificados de formatura

Na próxima segunda-feira, 7 de outubro, às 10h, os 52 alunos participantes do projeto pioneiro formatado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Programa de Capacitação de Pessoas com Deficiência, receberão o certificado de formatura.

Durante quatro meses de capacitação, a turma recebeu aulas de língua portuguesa, matemática financeira, desenvolvimento empresarial, informática, negócios bancários e vendas.

Trinta e um selecionados para participar do programa foram contratados pelo Mercantil do Brasil imediatamente após o início do processo de capacitação em maio deste ano e, em setembro, assumiram os postos de trabalho no banco.

Segundo Márcio Ferreira, gerente de Capital Humano do MB, um dos diferenciais do projeto é qualificação profissional de acordo com o cargo de atuação na empresa. "Hoje, todos os profissionais contratados pelo MB já estão exercendo as funções para as quais foram treinados".

O programa conta com a consultoria metodológica da Avape - Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência, apoio do Mercantil do Brasil e parceria da Prefeitura da capital mineira e a Universidade Fumec.


Sobre o Programa

​Criado em 2009, o Programa FEBRABAN de Capacitação Profissional e Inclusão de Pessoas com Deficiência no Setor Bancário surgiu após um diagnóstico sobre as dificuldades dos bancos em selecionar profissionais com deficiência. O objetivo é promover a inclusão e a capacitação de pessoas com este perfil, dando-lhes oportunidade de iniciar uma carreira no mercado financeiro.

As duas edições anteriores do programa, em 2009 e 2011, foram realizadas na cidade de São Paulo, onde beneficiou mais de mil pessoas, que foram empregadas por instituições financeiras e capacitadas com aulas de língua portuguesa, matemática financeira, etiqueta empresarial, informática, negócios bancários, negociação e vendas.